Tudo sobre = Gatos + Cães + Animalia + Perguntem

 

 

Segunda-feira, 23.02.09

Novo blog!

Venho aqui para avisar que fiz um novo blog que é sobre o filme dos Piratas das Caraíbas onde podem encontrar muitas coisas só precisam de visita-lo e ver o que vão poder encontrar, espero que gostem!

Publicado por Bruno Moreira às 16:08 | link do post | comentar | ver comentários (5)
Domingo, 22.02.09

Cão-selvagem-asiático

A cão-selvagem-asiático (Cuon alpinus) é umas espécie de cachorro selvagem da família de Canidae. Também é conhecido como o raposa-asiática-dos-montes; outros nomes conhecidos conhecidos incluem o cão-selvagem-hindu, o cão-vermelho, o cão-asiático, e o Caçador-de-assobío (devido ao som de assobío que ele pode fazer).

Dentro da família, o cão-selvagem-asiático é colocada em um gênero próprio que tem origem pós Pleistocênica. O cão-selvagem-asiático foi umas espécies distintas durante vários mil anos. "Cuon" quer dizer cachorro em grego, e "alpinus" alpino (derivado de montanha) em latim. Assim os meios de nomes científicos do Cuon alpinus significa cachorro montês. O animal é relacionado ao gênero o Canis, e está por alguns autores considerado parte de Canis. Outro gênero relacionado é o Lycaon (cão-selvagem-africano). Geralmente, o Cuon alpinus é mais ativo no começo maturino, e às vezes à noite. Acredita-se que três raças geográficas existem: peninsular, Himalaiana e trans-Himalaiana. O Cuon alpinus podem viver 16 anos em cativeiro. O número do cromossomo é 2n = 78.

 

Publicado por Bruno Moreira às 13:19 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Quarta-feira, 18.02.09

BBC Vida Selvagem

Não percam este Domingo na SIC o programa BBC sobre a vida selvagem.

Vejam os excelentes documentários sobre a vida animal aos fins-de-semana na SIC, por volta das 11:55. Não percam esta oportunidade de aprendar mais sobre a vida dos nossos animais!

 

Publicado por Bruno Moreira às 21:37 | link do post | comentar | ver comentários (2)
Sábado, 14.02.09

Marmota

As marmotas são roedores, membros do género Marmota e estão classificadas dentro da família Sciuridae (esquilos).

Têm a aparência de um esquilo mas com dimensões maiores. Vivem em tocas que utilizam para hibernar durante o Inverno. A sua hibernação pode durar até sete meses.

Quando despertam da hibernação, a sua principal preocupação é alimentar-se o mais rápido possível para recuperar as reservas energéticas, reconhecendo as redondezas para, em caso de perigo, poderem realizar uma fuga veloz.

São animais extremamente sociais e utilizam vocalizações ruidosas como meio de comunicação, especialmente quando sentem uma ameaça. Normalmente vivem em pequenas colônias ou famílias. A marmota é uma das presas preferidas das grandes aves da rapina, e por isso todos os componentes do grupo revezam-se em uma vigilância constante. Levantando a parte anterior do seu corpo, ganham altura e podem se prevenir de qualquer imprevisto.

Vivem no hemisfério norte, em regiões montanhosas, onde o clima rigoroso não permite uma vegetação mais desenvolvida do que a erva dos prados alpinos. As marmotas são herbívoras, para se alimentar não fazem grande esforço, já que sua dieta é composta pela mesma erva dos prados que rodeiam seus abrigos.

Em tempos remotos, como na época das glaciações, a marmota comum ocupava grande parte da Europa.

 

Publicado por Bruno Moreira às 15:23 | link do post | comentar | ver comentários (4)
Sexta-feira, 06.02.09

Rúbrica: Animais Raros

Wallaby ou Wallabee

 

Wallaby ou wallabee é a designação comum das várias espécies de marsupiais da família Macropodidae da Oceania, que sejam menores que os seus congêneres cangurus ou wallarus.

 

Publicado por Bruno Moreira às 22:09 | link do post | comentar | ver comentários (5)

Diabo-da-tasmânia

O diabo-da-tasmânia (Sarcophilus harrisii) é um mamífero marsupial nativo da ilha da Tasmânia. Através do registo fóssil sabe-se que a espécie habitou também a Austrália, tendo-se extinguido no continente cerca de 400 anos antes da colonização pelos europeus. As causas do desaparecimento são desconhecidas mas pensa-se que tenha sido influenciado pela introdução do dingo. Os diabos-da-tasmânia habitam todas as regiões da ilha com preferência para florestas e são os maiores carnívoros marsupiais existentes na actualidade.

O diabo-da-tasmânia é um animal de aparência robusta, com pelagem castanha excepto na zona do peito onde tem uma mancha branca. A cabeça é relativamente grande, com orelhas arredondadas e nariz afilado. Os músculos das mandíbulas são bastante poderosos e, juntamente com os dentes molares especialmente adaptados, permitem ao diabo esmagar ossos. O tamanho destes animais varia bastante consoante o habitat e dieta, mas os maiores atingem 80 cm de comprimento e 12 kg de peso. As fêmeas são normalmente maiores que os machos.

A época de reprodução dos diabos-da-tasmânia situa-se anualmente em Março e resulta em ninhadas de 2 ou 3 crias que nascem em Abril, ao fim de 21 dias de gestação. Como na maior parte dos marsupiais, o resto do desenvolvimento dos juvenis faz-se no interior do marsúpio (a bolsa) neste caso durante os quatro meses seguintes. As crias saem pela primeira vez em Agosto-Setembro e tornam-se independentes em Dezembro. As fêmeas atingem a maturidade sexual aos dois anos.

Os diabos-da-tasmânia são predadores activos de wombats, wallabees e mamíferos placentários introduzidos (como o coelho), e ocasionalmente necrófagos. Em alturas de escassez podem também comer insectos, cobras e frutos. Estes animais contam sobretudo com a visão, o olfacto e os bigodes para localizar o alimento. São animais diurnos e solitários mas encontram outros membros da sua espécie em torno de carcaças. Nesta circunstância são extremamente agressivos e envolvem-se em lutas que deixam cicatrizes profundas com frequência. As lutas são acompanhadas de barulhentas vocalizações como grunhidos, guinchos e latidos que contribuem para a fama de ferocidade do animal. Em condições de cativeiro, os diabos-da-tasmânia organizam-se num sistema altamente hierarquizado.

Com a extinção do tigre-da-tasmânia, o diabo tornou-se no predador de topo da cadeia alimentar no seu ecossistema, mas os juvenis podem ser caçados por águias, corujas e quolls. Estes animais têm um impacto positivo no seu habitat, no controlo de espécies introduzidas de lagomorfos e roedores e na remoção de carcaças em decomposição. Podem também ser prejudiciais ao Homem quando atacam rebanhos de ovelhas.

Esta espécie foi descrita pela primeira vez em 1807 pelo naturalista George Harris, que a classificou no género Didelphis. Richard Owen reviu a classificação em 1838, incluindo o diabo no género Dasyurus. Finalmente em 1841 foi-lhe atribuído um género próprio, Sarcophilus.

O diabo-da-tasmânia não está ameaçado de extinção apesar da redução progressiva do seu habitat. No passado foi caçado e envenenado pelos estragos causados ao rebanho e pela sua carne, que os colonos diziam ter sabor a vitela. A espécie foi protegida em 1941 e a partir daí a população recuperou-se. No entanto, nos últimos anos, têm-se registado perdas significativas para uma doença cancerosa que aparenta ser endémica nos diabos-da-tasmânia. Esta doença foi identificada em 1999 e causa tumores em torno da boca, sendo normalmente fatal por impedir a alimentação do animal. Cerca de 65% da Tasmânia foi afectada, tendo-se perdido desde então entre 20 a 50% da população de diabos. O modo de contágio ou propagação da doença permanece desconhecido e há evidências de que seja cíclica com um período de 70 a 100 anos. A epidemia atingiu proporções catastróficas, levando os conservacionistas a tomar medidas extremas como matar os animais que apresentem os estágios iniciais da doença, para evitar o contágio, e criar áreas fechadas com populações saudáveis nas ilhas ao largo da Tasmânia, de forma a permitir a reintrodução no caso da espécie ser erradicada da ilha principal no futuro próximo.

 

Publicado por Bruno Moreira às 21:32 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Quarta-feira, 04.02.09

Novidades + Divulgação

Olá, como já devem ter reparado o blog está a crescer e como é um blog de animais, eu decidi por na barra lateral uma parte para animais em perigo, com o tempo vou mudando os animais, agora estão lá o Tigre de Bengala e o Lince Ibérico.

É verdade e o blog agora vai ter rubricas, uma como é óbvio para o animais em perigo e outras duas para animais raros e para animais pré-históricos como os Dinossauros.

Também irei fazer especiais sobre a National Geographic e a BBC, não esquecendo de fazer post's sobre outros animais, espero que gostem das mudanças.

 

Os Meus Animais

A tua fonte sobre todos os animais!

 


 

Agora vou divulgar dois blogs muito bons.

 

As 5 Disney Girls

Miley Cyrus Fans

 

Visitem e comentem!

Publicado por Bruno Moreira às 15:54 | link do post | comentar | ver comentários (7)
Terça-feira, 03.02.09

Novo visual

Olá, bem espero que gostem do novo visual.

Estou a preparar muitas coisas novas para o blog.

Brevemente mais novidades.

 

Publicado por Bruno Moreira às 18:54 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Somos destaque!

O blog é destaque no site Zac-Efron Fan.

Vejam o prémio!

 

Publicado por Bruno Moreira às 12:54 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Welcome

Bem-Vindo(a) ao blog Os Meus Animais. Este blog visa apoiar todos os animais, alertanto as pessoas para o perigo que todos correm, com a evolução do homem os animais têm vindo a ser maltratados, abusados e não merecem nada de mal, eles têm o direito à vida como todos nós, por isso não maltrates os animais, cuida deles como se fossem da tua familia, eles precisam de nós como nós precisamos deles. Obrigado.

Pesquisa

 

Fevereiro 2009

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
19
20
21
24
25
26
27
28

Posts Recentes

Animais na TV

O NOSSO MUNDO [SIC]
Sábado - 11:55
Câmaras ocultas espreitam os hábitos mais privados dos animais...
Conheça melhor o mundo em que vivemos com os extraordinários documentários da National Geographic, Explorer, BBC e muitos outros.
BBC VIDA SELVAGEM [SIC]
Domingo - 11:45
Dos pólos gelados aos desertos escaldantes, das savanas africanas às florestas tropicais, das mais imponentes cordilheiras aos oceanos mais profundos, espécies dos mais variados meios e habitats são descobertas e estudadas pelos especialistas da BBC.
A RTP1 e RTP2 transmitem também documentários mas infelizmente não consegui encontrar a data certa destes programas, contudo na RTP1 costuma dar ao fim-de-semana, na RTP2 dá antes de jantar ou durante. Fiquem atentos.

Sites de Protecção

A União Zoófila foi fundada a 17 de Novembro de 1951. Tem como objectivo principal a defesa, protecção e tratamento de animais domésticos em risco.

A Liga Portuguesa dos Direitos do Animal é uma Associação de Utilidade pública, sem fins lucrativos, de Âmbito Nacional e foi fundada em 1981.

A Apasfa, entidade sem fins lucrativos e de Utilidade Pública conforme Lei 6.908 de 28/03/90, foi fundada em 21 de Abril de 1982, em São Paulo - SP, com o propósito de lutar pelos direitos dos animais através de projetos educativos.

National Geographic

Entra no site da National Geographic e descobre tudo sobre o nosso planeta e animais. Uma revista fantástica onde muitas coisas podemos descobrir.

Onde está ele?

 

Clica na imagem para completares o formulário e o blog

"Os meus Animais" vai ajudar-te a encontrar o teu Animal!

Por vezes o Formulário pode aparecer incorrectamente por isso actualize a página do Formulário!

Concurso

Arquivo

Afiliados

ENTRAR hudgens-vanessa

ENTRAR zac-efronfan

ENTRAR arca-animalis

ENTRAR ashley-vanessa

ENTRAR danielaruah-web

ENTRAR Cantinho dos Gatos

ENTRAR Famosos&Famosas - Mix

Status

Nome: Os Meus Animais
Administrador: Bruno Moreira
Design: Juliana Maia
Url: OsMeusAnimais.pt.vu
Hosted: Blogs Sapo
Total de Visitas: home page tracker
RSS